Follow by Email

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Os Pés!!!

Pois é o Guigo esta a ficar cada vez mais esperto, tão esperto que hoje descobriu  os pés x ).
Desde de manhã que não para de mexer nos pés e até já os tentou levar a boca : D
Também se farta de "coçar" a cabeça hehehe, anda a pensar o que será aquelas coisas esquisitas que tem no fundo das pernas : D


sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Consulta dos 4 Meses!!!

Pois bem viemos agora da consulta dos 4 meses do Guigo e não podia estar mais feliz :)
Esta a crescer bem e o peso aumenta bem também.

PESO: 7.180kg
ESTATURA: 64.5cm
P.CEFÁLICO: 43cm
No peso está no percentil 75, tal como na estatura.

Finalmente tenho carta verde para as papas de colher, sopas e frutas.
As papas vão ser substitutas do biberão da tarde (lanche). As frutas são da época, sem contar com os kiwis, laranjas, morangos e outros citrinos. As sopas tem como base cebola e batata e vou acrescentando um novo legume todas as semanas, mas sopas só a partir do 5º mês. Entretanto posso ir dando frutinha da época, começando pela bana, maçã e pêra... a enfermeira disse que não era necessário cozer a fruta porque se perde muitos nutrientes na cozedura, disse que com a banana posso misturar um iogurte natural, bolachinha Maria ralada e umas gotinhas de sumo de laranja, a pêra e a maçã se estiverem bem maduras basta passar com a varinha magica e no caso da maçã que é mais dura posso juntar um bocadinho de água para ficar mais cremosa.
E é assim que vai começar a nossa aventura pelo país dos sabores e texturas :)

As vacinas não as levou hoje porque ainda não tinha feito as 4 semanas de "pausa" como a enfermeira disse marcaram-me as vacinas para dia 28-08-2011 (que é domingo), na segunda la vou eu de novo por causa disto ao CS, enfim.
A Prevenar dá para ser administrada aos 6 meses e depois outra dose aos 18 meses e depois mais um reforço sabe-se la quando.

Deixo fotos da papa do Guigo :)

A Papa do Guigo no fim.

 A Papa do Guigo no inicio.

 O Guigo a comer.

Todo lambuzado.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

É Sempre Bom Lembrar!!!

Pois, estar sozinha em casa toda a noite é no que dá, já para não falar das saudades. Deixo aqui a linda carta de São Valentim que o meu amor grande me escreveu, no dia dos namorados.

"Hoje é dia de São Valentim,
O terceiro que passamos juntos, sendo este, o mais especial de todos...
Connosco, temos o nosso filho, o Rodrigo, o fruto do nosso amor, o fruto dos nossos azares, o fruto da nossa sorte, um ser mais do que bem vindo, nesta nossa vida, a qual ele vem adoçar.
A partir de hoje inicia-se uma nova etapa, um novo caminho...
Foi muitos espinhosa, a estrada que percorremos, os desafios que ultrapassa-mos, mas no fundo, nada acontece por acaso, e a força que ficou em nós, é proveniente não só do sucesso,mas também do fracasso...
Hoje é dia de São Valentim,o terceiro que passamos juntos, pois já lá vão 2 anos, 5 meses e 4 dias, e não tarda esta aí  o nosso filho, para nos preencher a nossa vida com mais alegria e amor!!
Nem tudo foi um mar de rosas, nem tudo é uma tempestade tropical, o que me resta apenas dizer, é que a vida é marcada por pequenos momentos, que ficam connosco, até ao fim dos nossos dias...
Esta rosa significa um desses momentos, estima-a, cuida dela, não a dececiones como se de nós se tratasse...
Pois nem tudo é certo, nem tudo é incerto...
As incertezas são um oceano por descobrir, as certezas são uma curiosidade certa e incerta...
E,neste dia de São Valentim, pensa no nosso futuro, no teu futuro, no futuro do nosso filho...
...E...
...Quando a lua se mostrar e sorrir para ti, não lhe vires a cara e devolve-lhe o gesto, pois numa noite escura, num lugar deserto, é a lua que te iluminará, neste mundo incerto.
Numa chuva de estrelas podem vir mil desejos a concretizar,mas apenas um se iluminará na tua vida.
Feliz dia de São Valentim
Amo-te muito."

A Primeira Ida á Praia

No dia 30 de Junho la fomos nos á aventura com o Guigo á praia!
Pois foi mesmo á aventura, não fazia a mínima ideia de como ele iria reagir a um ambiente tão diferente ao que ele esta habituado.
Para meu espanto correu lindamente, afinal o meu filho não é assim tão esquisito como eu penso :D , ele adorou, deu-se super bem com a areia, tão bem que até a queria comer xD e ao ouvir o bater das ondas fazia uma cara muito espantada e ao fim de meia hora acabou por adormecer :D hehe é um reguila o meu Guigo!!


A Hora do Banho

Antes do primeiro banho, na maternidade, andava ansiosa porque pensava que ele fosse chorar e que não fosse gostar nada do banho, bem enganada estava e ainda bem :)... adora o seu tempo na banheira, ao inicio era super sossegadinho, deixava mexer no corpinho para o lavar bem mas agora feito reguila assim que esta dentro da banheira começa logo a dar aos pés hehe, e depois molha-me tudo... Quando fica de barriga para baixo da as perninhas e aos bracinhos :) parece que esta a nadar e claro molha-me tudo!
Gosta tanto do banho que assim que sai do banho antes de lhe por o creme no corpo fica todo relaxado, nem se mexe, claro que depois do banho das massagens com o creme roupa limpinha e quentinha da-lhe logo a fome e ai abre bem os pulmões :) ai depois come tudo e adormece com uma rapidez que nem compreendo :D




Chegada a Casa

Os primeiros dias em casa, foram esgotantes... Parecia que tinha vindo parar a outro planeta numa galáxia distante...
Pensava eu, na minha ignorância, que não ia ser muito diferente do que tinha sido ate á altura... enganei-me redondamente... nunca pensei que voltar ao meu "habitat natural" me custasse tanto por causa do pequenino...
Foi tudo novo, um horário novo para tudo, comer, descansar, tomar banho e principalmente ter que cuidar do meu tesourinho... dar papinha a ele, mudar-lhe a fralda, dar o banho, e ver ele a adormecer que nem um anjo depois da papinha... Que saudades!
Era tão bom adormecer com ele no meu peito ou ver o papá a dormir com ele no sofá :)
O que eu e o papá nos ria-mos por causa das expressões que ele fazia quando acabava de comer :D parecia que estava em transe, como o pai dizia :)





As Primeiras Fotos do meu Guigo

Fiquei tão feliz quando vi o meu Guigo pela primeira vez todo formadinho na minha barriguinha :)



A Primeiras Visitas na Maternidade

As primeiras visitas no Hospital São Francisco Xavier, tirando a mamã e o papá, foram a Andreia (amiga da mamã), o tio/padrinho Esteves (outro :S), e depois o resto da família a quem não tirei foto porque não houve tempo, a tia Luísa, as primas Cátia e Madalena e a bisavó babada Madalena :).
E em casa a primeira visita foi da "avó"  Arminda e do "tio" Kami (André).

Deixo fotos das visitas :)
O Guigo com o tio/padrinho Esteves.

O Guigo com a mamã e com a Andreia.

O Guigo com o tio/padrinho e o papá.

O Guigo com o "tio" Kami (André).

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Quatro meses de pura felicidade!!!


Nem acredito que já la vão 4 meses (feitos dia 22).
Parece que foi ontem que estava de rastos por não conseguir dormir com as dores das contrações e com os nervos, pensava que o parto ia ser horrível (por causa das dores), pensava que me ia cair o mundo em cima e foi tudo maravilhoso... desde a ajuda maravilhosa do pai babado, ate as enfermeiras super queridas.
São 4 meses de alegria, muito amor e muitas surpresas boas Blog de joanarodrigo : O Meu Piolholho!!!!, Tres meses de pura felicidade!!!

O meu bebe é lindo, e todos os dias me surpreende pela positiva... Ao sei o que seria da minha vida sem este ser maravilhoso, que adoro acordar pois sou recebida com um sorriso maravilhoso cheio de amor verdadeiro. Adoro pegar-lo ao colo pois aninha-se a mim como se soubesse que no meu colinho nada de mal lhe pode acontecer. Adoro quando falo para ele e ele me responde com os seus "dês" e "mês" e os "ais" que eu tanto adoro.

Neste momento dorme como um anjo, e eu mãe babada que sou adoro admira-lo a dormir o seu soninho e ansiosamente espero que acorde para poder vê-lo a sorrir para mim!!!

Adoro ver como ele se lambuza todo  a comer o seu iogurte ou a sua papa :D

Se há alguma coisa no mundo que valha a pena, ser mãe é definitivamente uma delas.

O Meu Parto!!!

Olá eu sou o Rodrigo e venho contar como eu conheci os meus papás.
Tudo começou no dia 21 de Abril (quinta-feira) de manhã. A mamã foi ao hospital SFX para uma consulta de rotina, começou por ir fazer o ctg ficou lá uma meia hora (se não mais) porque eu não me mexia. Quando a mamã saiu da sala do ctg foi logo chamada para falar com o médico. O dr estava um pouco preocupado por eu não me ter mexido e disse a mamã para ir comer um pouco de chocolate para eu arrebitar porque com o tempo que eu tinha (37 semanas e 5 dias) devia de me mexer muito. Assim fez a mamã, mas eu nem sinal. Então o dr disse a mamã para ela ir comer um bom almoço e voltar ao hospital nessa mesma tarde para fazer outro ctg de emergência. Como é óbvio a mamã ficou muito preocupada, o que lhe valeu foi o papá estar lá a dar força a mamã para ela não se preocupar que não ia ser nada de grave.
Assim foi a mamã almoçou com o papá e como ainda era cedo descansou. Á tarde por volta das 14h a mamã estava nas urgências á espera de ser chamada. Ficou uma hora no ctg, e eu teimava em não me mexer. A enfermeira que estava ao pé da minha mamã ficou um pouco preocupada e chamou uma dra que levou a mamã para uma sala para lhe fazer o toque. A dra disse a mamã que já estava com três dedos de dilatação, e chamou outra dra para uma segunda opinião, mais um toque e essa dra chamou outra dra para pedir mais uma opinião (ainda mal sabia a mamã que essa dra ia ser mázinha para ela) e ela confirmou que realmente já tinha dilatação feita e fez o toque para separar as membranas, e depois disse a mamã para ir andar muito e voltar la as 20h (isto já eram 18h e qualquer coisa). Então a mamã quando saiu do hospital telefonou ao papá a contar as novidades e então o papa disse para ir ter com ele ao trabalho que assim dava uma caminhada longa e fazia tempo ate as 20h. A caminho do trabalho do pai a mãe começou a sentir uma dores fortes na barriga (ela nem sonhava que eram contrações hehe) quando chegou ao pé do pai já tinha tantas dores que teve de pedir ao papa para chamar uma ambulância para ir para o hospital porque já não aguentava mais as dores. E assim foi, a mamã foi para o hospital de ambulância e por cada solavanco que a ambulância dava na estrada era uma contração que a mamã tinha. O pai ficou tão contente que já não ouvia ninguém a falar com ele e foi dispensado do trabalho. Quando o pai chegou a mãe já estava pronta para ficar internada. A mamã foi sozinha para o quarto porque o pai foi a casa buscar a minha roupinha e foi jantar. Por volta das 22h o papá já estava de novo com a mãe e a mãe já sofria com as contrações, mas ainda não podia levar a epidural, porque ainda só tinha 3 cm de dilatação. O papá foi um querido para a mamã e fazia-lhe massagens nas costas sempre que chegava uma contração. 1h depois la deram a epidural a mamã e assim a mamã e o papá puderam dormir.Mais ou menos por volta das 00h uma enfermeira foi ver cm estava a minha mãe e ainda só tinha quase 4 cm de dilatação, então a enfermeira resolveu rebentar a bolsa onde eu estava para acelerar as coisas. Por volta das 5h a mamã levou a ultima dose de epidural, por volta das 5:20h 5:30h deixou de fazer efeito, e a mamã teve uma enorme vontade de fazer força, mas a enfermeira disse que ainda era cedo para isso. A mãe disse ao pai para chamar uma enfermeira porque já não aguentava mais. Então la foi a enfermeira, fez mais um toque e chamou logo a parteira porque eu já estava prontinho para nascer. A parteira disse logo á mãe para fazer força assim que viesse uma contração ou tivesse vontade de fazer força, e assim foi as 5:45h eu nasci, mas nem tudo correu 100% bem. Quando nasci não chorei porque tinha o cordão enrolado no pescoço, mas a mamã só ficou a saber disso quando já estava tudo bem. Assim que o papá me viu fez um sorriso de orelha a orelha e os olhos ficaram brilhantes e a mãe chorou de felicidade. Foi muito especial ter ido logo para o colinho do papa e ter tentado matar a fome na maminha da mãe. Tive muita pena da mãe que ficou mais de 12h sem comer nem beber, mas ela diz que valeu tudo a pena e que se pudesse voltava atrás para voltar a viver aquele momento tão especial.
Obrigado por lerem a minha historia...



A Minha Gravidez!!!

A minha gravidez foi uma experiência única, adorava um dia poder repetir a experiência. A primeira ecografia que fiz, foi quando descobri que estava gravida do ser mais maravilhoso á face da terra. Não percebo como é que um feijaozinho de sete semanas me podia trazer tanta felicidade. Ainda me lembro dos olhos do pai ao ver a ecografia, ficaram brilhantes e sorriam. As 12 semanas nova eco e ai já ouvi o coração do meu bebe, foi tão bom que ate chorei. Ainda não dava para ver bem o meu amor pequenino mas soo facto de ter ouvido o seu pequenino coração bater encheu-me de amor. A eco seguinte foi melhor ainda, vi pela primeira vez a carinha do meu pilholho e vi que era um rapazito porque o descarado estava com as pernocas abertas e mostrou tudo : ). Ai fiquei completamente rendida a este amor tão grande que nem tem explicação. A ultima eco foi fantástica vi o meu Rodrigo a espreguiçar-se e a bocejar e de bónus ainda se riu fiquei rendida. As 34 semanas resolveu pregar-me uma partida e durante a noite começou a dar-me contrações fortes de 5 em 5 minutos, mas depois passou. As 37 semanas e 5 dias fui de manha a uma consulta de rotina no hospital são Francisco Xavier, onde nasceu o meu bebe, e quando me puseram no CTG não apresentava contrações, mas ele também não se mexia, então o medico passou-me um papel para as urgências e mandou-me la ir depois de um bom almoço, assim fiz vim para casa comi um bom almoçou e depois descansei um pouco e por volta das 15h la fui eu para as urgências fazer novo CTG. Igual ao de manha, nada de contrações e nada dele se mexer. Depois de mais de uma hora no CTG a medica fez-me o toque e disse que ja estava com 3 cm de dilatação, depois fez.me o toque maldoso e mandou-me andar e voltar la a noite ou mais cedo se eu não me estivesse a sentir bem. Eu fui ter com o namorado ao trabalho dele a pé, e quando la cheguei já deitava sangue e estava com enormes contrações, tive de ir para o hospital de ambulância e cada solavanco na estrada era uma contração. Assim cheguei ao hospital e fiquei internada mais perto dos 4 cm de dilatação. Em relação aos enjoos enjoei tudo na 1º semana de gestação. Não conseguia comer nada e vomitava tudo, só nessa semana perdi 5kg. Depois passou e a única coisa que eu enjoei mesmo foi a carne lol e o único desejo que tive fora do normal foi o detergente de lavar a loiça com cheiro a limão, quando lavava a loiça babava-me toda só com o cheiro.

FELIZZZZ!!!!!!

Pois é muito feliz quando descobri o meu tesourinho no dia 14 de Setembro de 2010... Toda a gente me perguntava se estava gravida, pois apesar de eu não querer admitir com apenas 7 semanas já se notava uma barriguinha :)
Fui então as urgências do hospital, para fazer um exame de sangue para saber se estava mesmo gravida ou não...
Para minha surpresa (ou nem tanto) quando recebo o resultado do exame e dizia la positivo... Toda eu tremia dos pés á cabeça... não sabia se havia de chorar ou rir... pois por esta altura estava a separar-me do pai do meu tesourinho...
Quando lhe contei é que foi triste, mesmo muito triste... ele olhou-me nos olhos e disse-me que ou eu tratava do assunto (abortava) ou ele desaparecia da minha vida... e eu a chorar disse-lhe que não, que ia manter o meu bebé e que se ele não quisesse fazer parte da vida do bebé o problema era dele... Foi horrível, com isto tudo na primeira semana perdi 5kgs sempre a vomitar e mal comia, com os nervos, passava os dias a chorar trsite, e só pensava que se não fosse pelo me tesouro nem sequer estava cá a esta hora...
No dia 16 de Setembro de 2010 foi a MAC (Maternidade Alfredo da Costa) fazer uma ecografia de urgência para saber se estava tudo bem com o feijãozinho... Para começar fui super mal atendida, por toda a gente, enfim a eco la acabou por correr bem e descobri que já estava de mês e meio (7 semanas).
Quando sai da sala da eco e mostrei a primeira imagem do meu tesourinho ao papá tudo mudou... vi os olhos dele a encherem-se de alegria, ficaram cheios de lágrimas, mas nem para mim olhou :( ... não me dirigiu palavra ate chegar-mos a casa e falar-mos...
Passei praticamente o primeiro trimestre da gravidez todo sozinha, ele mal falava comigo e eu chorava por que estava deitada ao lado dele e ele nem falava em condições para mim, nem me olhava nos olhos, sentia-me triste e revoltada, sempre a ler relatos de outras mães a dizer que os seus maridos estavam super empenhados na gravides e estavam super carinhosos e eu nem um olhar tinha, tive de partilhar o mesmo espaço com ele, a mesma mesa... Odiei cada minuto da minha vida ate fazer os 5 meses, que foi, quando aos poucos, ele começou a "participar" na gravidez, já me perguntava se estava tudo bem, já me telefonava do trabalho, ia comigo as consultas, foi ver as ultimas ecos... já mexia na barriga, falava para o nosso amor...
Lembro.me tão bem quando ele foi a primeira eco comigo quase chorou ao ver o nosso bebe e ouvir o pequenino coração a bater...
Aí sim tudo mudou radicalmente, parecia outra pessoa, meigo, carinhoso, atencioso, cuidadoso...
Tudo o que eu sempre quis que ele fosse desde o inicio...
Começou ma, mas agora tudo esta a ir por bem, assim que o nosso tesouro nasceu ficou radiante, ainda por cima toda a gente dizia (e diz) que o nosso amor é a cara do pai :), e ainda bem que assim o é!!! Deixo agora foto do meu pequeno rebento com poucas horas de vida :)